FAMÍLIA ESTELAR/SOMOS UM

quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Viagem Astral Comprova a Abdução do Avião da Malásia / quarta-feira, 6 de agosto de 2014

Moacir Sader Quando do desaparecimento do Avião da Malásia em 08 de março de 2014, eu escrevi um artigo enfocando que evidências destacadas pelo radar aéreo e minha intuição mostravam ter sido um caso de abdução. Recentemente, em julho/14, uma amiga que desde criança vivencia experiências fora do corpo (viagens astrais), quando entra em contato com seres de outra esfera dimensional ou planetária, contou-me uma ocorrência de ajuda astral que ela fez a passageiros de um avião. Isso aconteceu na noite do desaparecimento do avião da Malásia, situação que, somente após vivenciar a experiência de retirada dos passageiros, ela soube da notícia pela imprensa. Em sua narrativa, ela ajudou no resgate e especialmente na interação com os passageiros, explicando o ocorrido e auxiliando psicológica e espiritualmente, até porque eles não poderiam mais retornar às suas vidas terrenas, embora estivessem vivos, socorridos que foram por extraterrestres e intraterrestres. Após a devida autorização desses seres socorristas, solicitada por minha amiga, eu recebi o texto e estou reproduzindo abaixo, no qual ela narra a sua especialíssima experiência astral, que esclarece ao que de fato aconteceu naquela intrigante noite. Acontecimento que acabou por se constituir no maior mistério da aviação civil da Terra nos tempos modernos, pelo desaparecimento sem nenhuma pista, apesar das buscas intensas feitas por diversos países. Eis a experiência: “Geralmente, quando algum evento grande está para ocorrer, minha sensibilidade logo alcança, pois, sinto um grande peso no corpo, tonturas e grande prostração de sono. Neste dia (do desaparecimento do avião da Malásia), logo ao me deitar, antes de dormir, os visitantes amigos já estavam no quarto me aguardando, eram 4 seres, dois altos, magros, braços longos, mãos e dedos cumpridos e finos, cabeça grande, mas proporcional à altura que passava de 2 metros, cor azul clarinho florescente, exalavam um cheiro que não posso comparar a nada. Os outros dois eram pequenos, de cor cinza claro, magros, cabeças grandes, braços finos e mãos grandes com dedos finos, mas de punho fortes, pareciam ser servidores dos seres maiores, eles se comunicavam entre si. Quando entendi que mais uma vez iria com eles em alguma missão. Vi-me sair com eles por um portal que se abriu dentro do meu quarto, levada em sono hipnótico. Os pequenos me carregavam nos braços, conseguiam sustentar meu corpo, meu peso, dava para sentir suas mãos e dedos me segurarem. Foi quando em pouco tempo, talvez pequenos minutos, me vi dentro de uma Nave gigantesca: havia um hangar, nele um movimento agitado de pessoas, que estavam sendo retiradas de dentro de um Avião enorme estacionado dentro do hangar. Aqueles pequenos seres cinzas retiravam as pessoas de dentro do avião. Na maioria, os passageiros estavam zonzos, confusos e assustados. Aqueles que me levaram lá me deram uma orientação por telepatia, pediram-me para ajudar acalmar as pessoas, que elas estavam seguras e protegidas, que nada de mal iria acontecer com elas, que estariam bem, iriam ser colocadas em salas de repouso e, posteriormente, orientadas. Interessante é como eu consegui falar fluentemente em outras línguas diferentes do meu dialeto, quando não falo outro idioma além do meu (Português), simplesmente percebi, que foi ativado um canal de comunicação, enviada por eles à minha mente. Fiquei algumas horas fazendo isso, até esvaziarmos completamente o Avião e colocar os seus ocupantes em salas separadas, selecionados por padrões de vibrações áuricos de cada um. Inclusive, aqueles que tinham algum tipo de enfermidade ou fraqueza, eram levados a uma sala de tratamento. O movimento foi grande e isso me deixou exalsta. Pela manhã, quase não acordava, sentia-me muito cansada, os braços doíam, mas automaticamente ao me sentar na cama, lembrei do ocorrido, me troquei, fui preparar o almoço, pois já não era hora de tomar café da manhã. E me assustei ao ver nos braços e pernas marcas de dedos e mãos. Eu sempre tive fragilidade capilar (pessoas que tem a pele sensível, que qualquer pancada ou pressão feita, deixa roncha), e aquilo era a prova de que foi mais uma atividade real na outra dimensão. Terminei de fazer o almoço, conclui algumas atividades de rotina de dona de casa, fui ao banho e pude observar melhor a marcas. Durante o almoço, comentei então com meu filho, pois sempre falo com ele sobre as minhas experiências. Ele, apesar de ser cético e quase ateu, não me questionou, ficou curioso como sempre e disse: Mamãe, se aconteceu isso e algo com algum Avião vamos saber. O dia se passou, muito cansada e exausta, procurei descansar o corpo, fazendo tarefas leves e não olhei o noticiário, mesmo porque, aboli a TV em casa, estava me incomodando. Quando quero saber de algo, vejo pela internet. E, naquele dia, não olhei nada. Abri o computador, vi recados, respondi alguns, fechei e fui dormir. Novamente, retornei lá na Nave, direcionei-me às salas, conversei com algumas pessoas e fui orientada por estes seres, que não falam por não terem órgãos da fala. Telepaticamente, pediram-me para dizer àquelas pessoas que dentro de alguns dias eles seriam transferidos para outro lugar. Solicitaram-me também para comunicá-los que eles não haviam morrido, mas foi uma ação de resgate, pois, o avião estava condenado a cair e explodir e todos morreriam. Mas, que eles iriam ter vida nova, não poderiam retornar à Terra, pois, havia um trato de sigilo, que não podia ser quebrado. Se eles voltassem, a realidade dos mundos seria revelada e que não era ainda o momento para isso, que a humanidade não estava preparada para entender e aceitar. Depois de comunicar as pessoas e explicar a situação, vimos que houve uma reação de difícil aceitação: choro, tristeza e choque da realidade. Mas, já não havia outra opção. Neste momento, minha psicologia e orientação espiritual ajudaram a acalmá-los com palavras de amor, apoio e carinho. Já no outro dia, ao acordar, não mais fiz minhas rotinas, corri ao computador e procurei alguma notícia, foi quando pude checar que havia sumido um Avião na Malásia. Fique boquiaberta pelo fato, estava mais que comprovado que eu estive lá e que tudo era Real. Não sei por que desta vez, eles me deixaram lembrar de tudo, pois sempre fico esquecida, apenas me lembro de alguns lapsos de lembranças dos fatos. Meu filho chegou em casa e disse: olha aí mamãe, tem um Avião sumido, será que a senhora esteve lá mesmo? Ele ficou encantado com esta minha experiência, ele também tem uma conexão mental com outras realidades, acessa arquivos e registros do Universo. Mas, mesmo assim, ficou pensativo com este acontecimento, mesmo sendo surreal. Os dias se passaram e até o momento o dito Avião não foi encontrado. Comentei o fato com uma amiga do Facebook. Ela é muito curiosa com a possibilidade de existir outras vidas, outros mundos e a existências de seres extraterrestres. Ela sempre está pesquisando e buscando respostas, principalmente sobre um possível resgate em massa, caso venha o planeta a passar por um grande cataclismo. Foi quando ela me sugeriu conversar com estes amigos e fazer perguntas. Falei para ela, que me sentia muito à vontade com eles, não havia estranheza, nem clima de medo ou alguma coisa que fosse nociva a esta parceria. Não sentia necessidade de questionar nada, como já soubesse de tudo. Creio que sim, sinto segurança disto, apesar de não lembrar, mas sei que sei o que é, porque não me abalo. Mas, ela me convenceu a perguntar para onde as pessoas iriam? E se eles iriam resgatar toda humanidade se houver um cataclismo? E, se existe uma previsão? Sinceramente, de minha parte, eu já teria uma resposta, há muito já tinham me falado sobre acontecimentos e resgates. Eles não têm compromisso com pessoas, tem compromisso com o Planeta, resgatar pessoas, apenas quando vale apena para o Projeto Gaia. Há muito que a humanidade foi infectada por um mal, enraizado nas culturas por milênios, relativos ao próprio grau de imaturidade moral e espiritual, tornaram-se prisioneiros de seus próprios vícios e tendências. Nossos amigos são de uma Ética moral inabalada, o respeito ao livre arbítrio é algo que para eles é uma Lei, não podem interferir por hipótese alguma. Quando outros, que na Terra se encontram, são o avesso deles. Poderia dizer que estes são uma versão nossa, em nível mental mais elevado, mas se caracterizam pelo mal que desenvolvem e manipulam em nosso meio e em tudo que hoje há, e que afeta nossa evolução e o caos no planeta. Voltando as perguntas que me amiga sugeriu, fiquei um tanto pensativa, resisti à ideia, mas fiquei com ela em mente. Em outra noite, já me vi em Naves com eles, em viagem, logo percebi que eles leram minha mente e viram as perguntas que lá estavam, feitas por minha amiga Curiosa. Levaram-me, então, até as montanhas e Alpes dos Andes. Pude ver que se abriu uma passagem, deixando a Nave entrar. Havia uma cidade intraterrena, bem arquitetada, de muito bom gosto e espaçosa. Seres de diversas Raças lá habitavam, senti que alguns eram de formas sutis, outros um pouco mais densos. Vi animais livres, pássaros, riachos, flores e seres a caminhar entre eles, por caminhos e relvas verdes, até chegar num prédio ou setor, em que havia um laboratório, onde humanos e seres “extraterrestres e intraterrestres” se uniam em pesquisas importantes. Explicaram-me, que estavam preocupados demais com a situação atual do planeta, a contaminação das águas pela Radioatividade, e que estavam tentando criar em laboratório um antídoto, para vetar os avanços da contaminação feita pelo homem. Entre outras preocupações, falaram-me, estava o equilíbrio energético da Terra, onde forças contrárias estariam afetando de forma radical, podendo causar muitos danos à saúde e a harmonia da Vida sobre a Terra. Mas que também estavam estudando e abrindo debates e ações para controlar estes fatos. Engenheiros Cósmicos já haviam desenvolvido um estudo, estavam quase prontos para executar. Percebi, neste ínterim, que estava diante de irmãos e amigos que protegiam a humanidade e aqueles que têm importante missão nesta fase de transição planetária, como também são os Guardiões de Gaia. Agora eu digo, cadê as respostas? Uma pergunta eu fiz: por que estou aqui vendo isso? Eles me disseram por telepatia, todos nós levamos chaves, cada ser, em especial alguns, possuem chaves para abrir portais, e isto é um segredo, pois somente quando estas chaves abrem é que eles podem ajudar ou interferir direta ou indiretamente de alguma maneira. Com relação às questões que havia em mente, feitas por minha amiga, eles me disseram, você já tem a resposta, explique a sua amiga, diga-lhe o que for preciso. Eu entendi, e sabia exatamente o quê estavam me dizendo. Difícil seria fazê-la entender, quando as pessoas criam expectativas e não conseguem romper o véu da insensatez. Fiz mais uma pergunta: por que, se tenho uma chave, eu não sabia disso antes, e sofri muito, passei até como maluca por alguns, como hoje ainda pensam, e não me avisaram? Eles me disseram, que alguns séculos atrás e em outros mundos, muitos fatos trágicos ocorreram em mundos que passavam por provas, expiações de evolução, em que estas pessoas foram massacradas e mortas sem poderem concluir a missão. Não querem que volte acontecer, já houve muitos atos de heroísmo que não acelerou mudanças moral alguma, a humanidade está cega, surda e muda na ilusão da 3D. Por isso que são controladas e usadas pelas sombras. Os irmãos especiais ou missionários específicos cumprirão seu fardo, no tempo previsto, para não sofrer danos maiores e prejudicar o Plano Superior. Diante desta Revelação, tive a certeza de que no fundo, sempre soube disto, ao menos sentia de alguma forma. Fiquei tranquila e agradeci a importante revelação. Agora poderia compreender melhor e responder a tantos outros questionamentos. Tudo estava se encaixando. Despedimo-nos dos irmãos do Laboratório, passamos novamente entre a relva e lindos seres, retornamos a Grande Nave, onde lá me falaram que os resgatados estavam sendo separados e preparados para irem para as Colônias de acordo com as vibrações e seriam ajudados e os especialistas iriam trabalhar a serviço de Gaia e dos outros mundos. Retornando para casa, fiz uma pergunta, sobre o que fariam com o Avião? Eles me disseram que possivelmente seria encontrado depois de algum tempo, eles iriam colocá-lo em um local visível, para não levantar suspeitas, mesmo porque, estavam previstos outros acontecimentos, que eles não poderiam intervir da mesma forma, mas que seriam salvos alguns passageiros e tripulantes. Em tragédias e cataclismos, eles sempre atuam e fazem resgates, isso já é um fato. Foi quando me lembrei, que durante aquele Tsunami que houve na Indonésia, eu estava lá e os ajudei a resgatar pessoas e animais (assunto para outro momento). Sendo assim, prezado e querido amigo Moacir, hoje tenho uma melhor visão daquilo que posso ser, de onde vim e para onde vou, só mudamos a rota se quisermos, somos todos livres. Mas, se mudarmos a Rota, não só vai prejudicar a um, como irá prejudicar todo um plano e atrasar avanços necessários a todos. Compreendo hoje porque pessoas aparecem em nossas vidas e somem, porque aquelas que aparecem, também trazem chaves neste mundo, para consolidarem projetos e causas. Seja de uma maneira ou de outra, fecham-se e abrem-se ciclos, e se observarmos atentamente, saberemos distinguir e discernir os sinais. Somos interligados a Inteligência Maior, é um dom que todos possuem e podem usar, se não temer as verdades e sair desta Matrix. Venho mantendo com frequência um canal com nossos amigos, telepaticamente, em viagens e contatos em dias ou semanas alternados. Tenho me sentido cansada, pois minha rotina mudou muito. Hora de Dormir, nunca é certa, hora de comer não tenho, lazer quase nenhum, só trabalho de alto nível de responsabilidade, tanto aqui, como no astral e em outros mundos. Mas sei que vim para cumprir o que já havia sido combinado. Então, respirar fundo, agradecer e fazer acontecer. Tudo está Fluindo. Querido Moacir, eu confio em você, porque sei que você faz parte do plano. Já me disseram.” Como visto na narrativa, tudo se consolida com a minha intuição ao escrever o primeiro artigo sobre o desaparecimento do avião da Malásia e que muito da experiência acima transcrita apresenta correlação com as revelações constantes dos livros Conspiração Interdimensional 1 e 2 (ambos canalizados), ou seja: sobre os seres do bem e do mal, (os que ajudam e os que atrapalham e atrasam o progresso espiritual da Terra); sobre a possibilidade de acontecerem viagem entre dimensões por intermédio de naves espaciais (situação que vem acontecendo com muitas pessoas, embora nem todas se recordem após as noites de sono) e sobre a possibilidade de uma pessoa ser levada para outra dimensão sem passar pela morte física (isso aconteceu com personagens dos livros e agora com os passageiros do avião). Os passageiros e tripulantes do voo, portanto, não tiveram mortes físicas e estão em uma nova existência, salvo que foram de morte iminente, uma vez que o avião cairia por algum problema, sendo, por conseguinte, um caso de abdução, um resgate pautado no amor. Como ainda foi revelado, alguns permaneceram na grande nave, outros foram transportados para colônias de outro mundo e alguns levados para a cidade intraterrena, de acordo com nível vibracional/espiritual, saúde e conhecimento, com o intuito de trabalhar em prol do bem maior e coletivo. O possível encontro de alguma parte do avião poderá ainda acontecer, como revelado, por uma estratégia de transparecer acontecimento natural e dar uma satisfação aos países, com o fito de ser o mistério desfeito, pois, como os seres disseram, se a verdade fosse divulgada pelos meios de comunicação em massa ou acontecesse o reaparecimento dos passageiros, tais situações gerariam um grande problema, uma vez que a população mundial, em sua maioria, não está, por enquanto, preparada para as vidas multidimensionais e presenças de seres de outras dimensões interagindo-se diretamente com pessoas terrenas. Em face do que foi dito no parágrafo anterior, pode parecer antagonismo a autorização dada pelos seres para a divulgação da experiência vivida por minha amiga, porém, entendo que o fizeram por saberem que a leitura terá um efeito positivo especificamente naqueles que já acordaram ou estão despertando para uma nova realidade ligada às diversas dimensões, muito além do limitado mundo tridimensional em que vive, encarcerada, a maioria da população terrena. Luz, amor e conhecimento. Moacir Sader Mestre de Reiki Usui, Karuna e da Chama Violeta http://aimoran.blogspot.com.br/2014/08/viagem-astral-comprova-abducao-do-aviao.html