FAMÍLIA ESTELAR/SOMOS UM

Uma Perspectiva Andromedana Sobre a História Galáctica por Alex Collier Conferência Global Wings, Agosto 2002 (Transcrita em Jun/07)

Esta é a conferência final de Alex Collier antes de sua saída do circuito de conferências UFO em 2002. Nunca foi publicado. O conteúdo trata de informações reveladas a ele por contatos extraterrestres andromedanos a respeito da história galáctica. A informação é vital para o entendimento da intervenção histórica por extraterrestres. Investigações conduzidas pelo editor chefe do Jornal Exopolitics apontam para a credibilidade de Alex Collier como alguém que interagiu fisicamente com os extraterrestres. Transcrito por Teri Callaghan – Junho 2007. Introdução Meu nome é Alex Collier. Essencialmente, falaremos sobre as 22 raças extraterrestres. De forma resumida, nós somos uma composição de diferentes raças, 22 para ser exato. Foi nos ensinada uma versão bem superficial da história da Terra. Fomos ensinados que evoluímos de uma única célula, que essencialmente somos um acidente. Algo muito estranho, porém milagroso, aconteceu para um casal de chimpanzés e aqui estamos! Poderia ser tão simples. Na verdade, eu prefiro mais a versão real que a inventada. Vou iniciar com algumas das linhas de tempo terrestres da história e vou adentrar períodos específicos para provar um ponto. A história ensinada da Terra A Terra está se formando juntamente com outros planetas no sistema solar. A Terra está nascendo, a vida está acordando. As primeiras placas tectônicas estão começando a se mover. Fungos, plantas, animais e organismos estão se desenvolvendo e a atmosfera está se tornando enriquecida com oxigênio. A história ensinada pelos Andromedanos Uma antiga raça, conhecida como “Os Fundadores”, a qual andromedanos e pleiadianos acreditam ser uma antiga raça chamada Paa Tal, está trabalhando num programa de engenharia, por meio do qual os ambientes dos planetas e terra-forming estão sendo feitos. Eles o fazem para tornar estes planetas adequados e habitáveis para organismos e vida, convertendo-se em ecossistemas preenchidos com hidrogênio, oxigênio, metano e amônia. Todos estes são gases para a introdução e colonização de microrganismos e outras formas de vida. È um mecanismo auto-replicador que bombardeia cometas e planetóides para mudar a rotação e a química dos planetas. O feito de engenharia de transladar planetas para mais perto ou mais longe de seu sol ou movimentar e adicionar luas é uma prática que está em plena atividade hoje nesta e em outras galáxias. É a construção de um sistema solar. Acontece muito. Há raças, como os andromedanos, que são capazes de criar um sistema solar. Todos os projetos, parece, foram feitos para adentrar muitos sistemas estelares e muitos corpos planetários habitáveis para a vida orgânica. Pequenas máquinas, construídas há muito tempo, foram descobertas e ninguém sabe exatamente quem as construiu. Elas não podem ser replicadas. Incrivelmente, estas máquinas ainda funcionam. Elas não tem um nome na língua inglesa, não têm nem mesmo um símbolo que possamos compreender. Foi a mim explicado que se trata de um mecanismo de anti-matéria. Ele cria matéria. Ele cria moléculas que então criam átomos que se manifestam fisicamente. E eles são verdadeiras máquinas. São como computadores onde você pode programá-lo para o que quiser e esta máquina irá, literalmente, trazê-lo à tona e manifestá-lo fisicamente. Se cada um de nós tivéssemos esta máquina, seria como ganhar na loteria todo dia. Mike gosta de fazer VWs. Ele pôde fazer por si próprio um novo VW assim que os novos modelos vieram, assim que soube o que queria. Eu pude criar uma babá de forma que minha esposa e eu pudéssemos sair. Aparentemente, há 7 destas funcionando realmente e 7 diferentes raças tem um. Estes são achados arqueológicos, descobertas, máquinas fazedoras de átomos, por ausência de melhor palavra. Há uma aqui no planeta. Eles também descobriram complexos de construção avançados, maquinário muito grande e ecossistemas completos. A vida orgânica terrestre é muito menos comum que os ecossistemas de gás hidrogênio na nossa galáxia porque ecossistemas de gás oxigênio são limitados à presença geológica de água. Para formas de vida à base de oxigênio, o que é tudo neste planeta, há de existir água. O nosso ecossistema é precioso, nossa biosfera. Em segundo lugar, a nossa água. Nosso planeta inteiro costumava ser de água fresca, porém os oceanos foram salinizados. Foi Nibiru, da constelação de Bootes, que o fez porque queria controlar a água. Eles salgaram o mar e quando o fizeram, havia somente 4% de água pura e eles tinham total controle sobre ela. Foi preciso 36 anos (em nosso sistema de referência) para salgar completamente os oceanos, o que deu tempo para todas as formas de vida se adaptarem lentamente. Mas, nós não podíamos beber a água depois disto. Eu lhe darei um exemplo sobre os andromedanos. Os andromedanos são de 430 a 450 anos (em nosso sistema de referência) mais avançados que nós tecnologicamente. Um ano equivale a 365 dias, ou seja, uma rotação do planeta ao redor do sol. Os andromedanos contam os anos de forma completamente diferente. De fato, quase todos os extraterrestres o fazem. Na contagem de tempo deles, o que consideram ser um ano é o período que leva toda célula de seu corpo a ser duplicada, replicada. Desta forma, 1 ano andromedano seria igual a 7 anos em nosso corpo. Levam aproximadamente 34 anos (em nossa referência) para replicar cada célula em seus corpos. Então, é difícil precisar datas de fatos ditos por eles em nossa linha de tempo. Na realidade, se eu disser que foi há 4000 anos atrás, é muito mais que isto. Mas, eles tiveram muitas dificuldades em me explicar dentro do tempo terrestre, porque não lidam com o conceito de tempo. Eu estou lhe dando estes números somente para lhe conferir uma idéia do quão vasta é nossa história. Esta é a única forma de apresentar este conteúdo a você, de outra forma, ficaria muito confuso. Os ecossistemas à base de hidrogênio são mais abundantes que os de metano porque não são complicados. Os ecossistemas à base de oxigênio são mais complexos, os mais complexos da galáxia. Evidências arqueológicas, registros e lendas apontam para ”Os Fundadores”, os Paa Tal, como criadores e amparadores desta galáxia. Este desaparecimento e/ou extinção dos fundadores parece premeditado. Para os andromedanos, quando se referem à extinção, se não há registro físico deles na terceira densidade, estão extintos na terceira densidade. Isto não significa que se foram, pode ser que ascenderam e evoluíram para uma freqüência mais alta ou se moveram para uma frequência mais alta para criar a terceira densidade e, quando terminaram, foram-se. Mas estão extintos na terceira dimensão. Para compartilhar esta informação em particular, é importante tentar pensar holograficamente aqui. Há muitas implicações decorrentes desta informação e é difícil tentar expressá-la porque a língua inglesa é tão limitada para dar a você um conceito de como tudo foi feito. Quando os Paa Tal aparentemente se foram, de acordo com o registro arqueológico, outros tipos de vida, formas de vida aptas a experimentar coisas através dos sentidos tais como reptilianas, humanas, plásmicas e outras formas à base de metano começaram a aparecer, e aparecer de forma completa. Agora pense, isto significa que vieram de algum outro lugar ou foram trazidos de outro lugar. Não houve milhões e milhões de anos neste período. Este é o mesmo problema que os nossos arqueólogos têm no planeta. Eles continuam adotando a evolução mas não há prova de evolução no registro geológico, arqueológico. As formas de vida apareceram completamente formadas. É incrível! São os arcanjos Paa Tal os deuses ? Ninguém sabe o que são, motivo pelo qual se referem a eles como “Os Fundadores”, porque não o sabem. Os Andromedanos dizem que há uma criação, um criador. Eles, em sua tradição, dizem que não há uma freqüência masculina dominante. Na opinião deles, a freqüência dominante é feminina, ou seja, o criador é uma DEUSA. A era paleozóica: de 554 milhões a 245 milhões de anos atrás. Na era paleozóica houve uma dramática explosão de diversos animais multicelulares. Eles a colocaram porque, de repente, tudo está lá, está no registro geológico. Não sabem como chegou lá, de onde vieram, mas está lá, então dizem “Bem, apenas explodiu, lá está”. Todas estas diferentes formas aparecem de lugar nenhum. Espécies aparecem com todos os seus animais viventes e espécies aparecem dentro de alguns milhões de anos. De novo, não há nenhum processo evolutivo aqui. Eles somente começam a ser vistos no registro arqueológico e cada um existindo em diferentes partes dos nossos modernos continentes. No momento em que isto estava acontecendo, os pólos norte e sul estavam diferentes. Havia tido um deslocamento dos pólos. É onde os pólos norte e sul físicos giram geralmente seguindo uma mudança de pólo magnética, se feita por si própria. Se não foi feita por si própria, é porque um planetóide ou um asteróide atingiu o planeta, fê-lo rolar e então o que acontece é, os pólos magnéticos se corrigirão com o tempo e o farão com que o planeta gire de volta, ou os pólos magnéticos seguirão. Eu não entendo este mecanismo. A costa oeste da América do Norte correu de leste a oeste ao longo do equador. No mesmo período, 544 milhões a 245 milhões de anos atrás, tem-se a história dos ETs, a história dos ETs andromedanos. As raças do sistema solar começaram a desenvolver viagens espaciais. A maioria estava somente apta a viajar dentro dos seus sistemas estelares. Alguns, entretanto, estavam aptos a viajar fora de seus sistemas estelares e começaram a contatar e descobrir outras culturas. O início do tráfego entre os sistemas estelares começa. Rotas de tráfego são estabelecidas e negociadas. O compartilhamento de tecnologia começou e o desenvolvimento de novos sistemas de viagem espacial também começou porque agora as colônias espaciais, as diferentes raças estabelecidas aqui que vieram completamente formadas, descobriram como deixar os seus planetas e agora estão falando para outras pessoas captando diferentes perspectivas e compartilhando idéias e opiniões. Tratados foram forjados entre os sistemas estelares e as raças. Uma raça particular de seres aptos a experimentarem coisas através dos sentidos, a Alpha Draconian ou Ciakar, muito avançada em termos de viagem espacial, começou a explorar a galáxia. Eles foram os pioneiros, de acordo com os andromedanos, a sair do planeta e eram, na época, os mais avançados. É uma incrível raça, apenas têm alguns preconceitos ridículos. Mas, como uma cultura, têm feito coisas incríveis e muitas outras raças aprenderam a partir deles também. Sua espaçonave, à época, eram luas e planetóides ocos equipados com propulsão que foram restaurados para a criação de seus próprios ecossistemas. Algumas delas usavam combustível que não é à base de óleo como temos aqui, mas algum tipo de gel que foi cavado em seu sistema estelar. Eles criaram motores de energia cinética, um tipo de eletricidade no meu entender. A era mesozóica: de 245 milhões até 65 milhões de anos atrás De acordo com a história terrena, “mesozóica” significa animais intermediários. É o período em que a fauna mundial mudou drasticamente. Ela não tinha mudado antes, mas agora muda subitamente, assim como a vegetação terrestre. Os dinossauros apareceram de lugar nenhum e evoluíram nas eras jurássicas e triássicas, somente para depois se tornarem extintos. Outro asteróide, conhecido como Columbia, atinge a terra no oceano atlântico distante da costa. Agora, foram estes fatos premeditados? Ninguém parece saber se eles são ou não. O que é interessante é que toda vez que o planeta é atingido por um asteróide ou há um deslocamento de pólo, muda-se radicalmente o planeta ou seu ecossistema se torna mais e mais amigável à vida humana. Há 244 milhões de anos atrás, nós não podíamos viver neste planeta. Havia muitas outras cosias lá fora que poderiam nos machucar. História Extraterrestre Do período de 245 a 65 milhões de anos atrás. Muitas civilizações planetárias fazem viagem espacial completa. O tráfego interplanetário é muito bem estabelecido, a necessidade dos recursos naturais aumenta e provoca a exploração da galáxia por seres avançados capazes de experimentar coisas através de seus sentidos. A viagem espacial esteve em progresso por mais de 17 milhões de anos terrestres neste período. Olhe para o que temos concluído em 4000 anos. Sabemos que estivemos detidos e também sabemos que há tecnologia que nos foi escondida. As mais bem estabelecidas raças são as Ciakars da constelação do Dragão, as civilizações de Órion e do sistema estelar de Vega na constelação de Lira. A colonização está em plena atividade. Muitas alianças planetárias acertaram regras de colonização que estão se estendendo cada vez mais adiante na galáxia. Então, há 245 milhões de anos atrás, nossos irmãos estelares ou ancestrais já faziam viagens espaciais. Eles estavam levantando regras de colonização entre eles. Isto é incrível para mim. A descoberta de rodovias espaciais, o que nossos cientistas teorizam existir como buracos de minhoca. Há rodovias espaciais (buracos de minhoca). O descobrimento delas aconteceu neste período. Até agora, 17 foram descobertas somente na nossa galáxia. Os buracos de minhoca são túneis que vão a diferentes partes da galáxia. Somente para dar um exemplo, nossos cientistas teorizam que se você puder adentrar em um deles, você está do outro lado da galáxia num piscar de olhos, decorrido tempo nenhum, como no filme “Stargate”. Muitos deles se conectam com outras galáxias. E nós temos de assumir que ao menos 1 destes túneis conectores poderiam ser para a galáxia de Andrômeda, que poderia ser aqui acima. Então, você tem um buraco e agora você tem um caminho de chegar a ele, incrivelmente rápido. Então, não é uma situação em que você entra num foguete e, no momento em que você alcança o seu destino, todo mundo está morto por idade elevada, porque a galáxia é imensa e está se expandindo o tempo todo. Alguns destes tubos ou rodovias espaciais foram rompidos repentinamente à medida que a galáxia expandiu. Nenhuma raça galáctica até o momento sabia como foram construídos ou quem os construiu e portanto não podem ser reparados. Há uma hipótese de que “Os Fundadores” o criaram, o que explica como estavam aptos a fazer todas as eco-construções na galáxia preparando a introdução da vida aqui. A verdade é que não sabemos. Pode ter sido construído por alguém antes deles, nós não sabemos. De acordo com os andromedanos, a terceira densidade, como a conhecemos, tem 21 bilhões de anos. O universo que conhecemos, que inclui todas as dimensões, tem 21 trilhões de anos terrestres, o que é um número assombroso. Segundo os andromedanos, somente 2 destes buracos de minhoca não estão rompidos na nossa galáxia. Então, de 17, 2 estão completamente operacionais. Conforme o tráfego aumentou, a amplitude de formas de vida também ocorreu. A experiência de transplante de formas de vida e vegetação está em plena atividade. No período de 245 até 65 milhões de anos atrás, nossos ancestrais extraterrestres transplantavam as formas de vida e a vegetação de alguns sistemas para outros sistemas estelares. O transplante de formas de vida acontece somente com vidas que tem potencial. Segundo Moraney, este potencial pode somente se desenvolver em ecossistemas complexos. E o ecossistema mais complexo da galáxia é o baseado em oxigênio. Ecossistemas verdadeiramente complexos ocorrem somente num número relativamente pequeno na galáxia. Poderia haver alguns bilhões de planetas, mas quando você leva em conta a quantidade de sóis e sistemas estelares que temos, de fato é um número pequeno pois os sistemas à base de hidrogênio pesam sobre todos os outros. Um ecossistema planetário, complexo é muito valioso no universo para a consciência. As espécies, entretanto, vêm e vão. Mas, uma biosfera verdadeiramente rica irá perdurar até que não fique comprometida. Dinossauros, pássaros, árvores frutíferas são trazidos ao nosso ecossistema e transplantados em 3 ecossistemas do nosso sistema solar: Terra, Marte e Urano. Todas as raças extraterrestres desenvolvidas incutiram em suas civilizações que a conservação da biosfera foi e é uma necessidade. Eles já estavam ensinando suas crianças sobre a conservação do ecossistema. A história ensinada da Terra Às vezes chamada de era dos mamíferos porque os animais terrestres maiores e mamíferos se mostraram nesta época. É também chamada da era das plantas florescentes, da era dos insetos, dos peixes e pássaros. A história ensinada pelos andromedanos Nosso sistema solar está sendo visitado cada vez mais. Três ecossistemas altamente complexos já existem aqui. A primeira bio-esfera auto-contida foi chamada “Éden”, termo também adotado pelos seres de Órion, Nibiru e das Plêiades. Um É-den é como um jardim: uma bio-esfera completamente transplantável que contém tudo que é necessário para existir em outro lugar qualquer. Nós não fazemos idéia do quão inteligentes são os nossos ancestrais porque eles não viajam sempre em naves enormes. Mas aprenderam a viajar à velocidade da luz e se assegurar de que o quer que precisem, eles têm ou podem fazer crescer. Agora, virtualmente qualquer nave mãe tem sua ecosfera interna. Há as naves de reconhecimento, as naves de 4, 5, 100 milhas. A nave de 100 milhas pode ter algum tipo de ecosfera interna porque ela tem uma equipe interna que precisa se alimentar, então eles irão criar um ambiente similar a um parque e uma ecosfera dentro dela. A maioria das naves que atingiram a Terra é mera nave de reconhecimento. Se uma nave de 100 milhas atingir a Terra, nós podíamos ter um deslocamento de pólos e todos saberiam. Uma nave mãe andromedana é uma esfera completa cujo interior é um mundo completo. No centro desta nave, e ela pode ter três, há ecossistemas, como se fossem parques, de 21 milhas. Aquele que vi tinha 21 milhas de uma ponta à outra. A nave tinha 900 milhas e, para eu ver literalmente cada polegada daquela nave, demoraria 25 anos. Ela tinha tudo. Nestes parques, você não poderia dizer que estava numa nave, você pensaria que estava num parque, Agora Hills Califórnia, Parque Nacional Rocky Mountain, Parque Central. E eles são completos, tudo cresce à bordo da nave. Então, quando eles chegam aqui, enviam uma equipe para a superfície do planeta para pesquisar a vida das plantas, a geologia do planeta, os minerais, etc. Eles literalmente soltam 12 antenas cilíndricas plantando-as sob o solo, ao menos 1 milha abaixo. E quando as acionam, conectam-nas. Assim criam uma cúpula de freqüência descarregando as plantas, as árvores frutíferas e tudo de que precisam para atender a sua fisiologia. A biosfera não tem muito oxigênio nem carbono, é o que exatamente precisam. Pode até ser hidrogênio porque, então, uma vez que saem, vestem seus trajes espaciais e fazem seu trabalho. Mas quando chegam, retornam à sua bio-esfera e é como se vivesse no seu planeta lar. A primeira biosfera foi fundada na atual América do Norte, ao longo do que hoje é conhecido como fronteira México-Arizona. E foi fundada e estabelecida pelos Ciakars, que são formas de vida baseadas em hidrogênio, então precisavam de algo similar. O hidrogênio é um gás que nossa fisiologia não permite inalar e viver num ambiente que o contém. Mas os seres à base de hidrogênio tendem a ser grandes, mais lentos em movimento e em ritmo do seu bio-sistema que os à base de oxigênio. Algo interessante sobre os seres à base hidrogênio é que não são mais rápidos que a velocidade da luz para viagens espaciais. Já, os seres à base de oxigênio são conhecidos por viajar 4 vezes a velocidade da luz. Em conferências anos atrás, eu falei sobre o preconceito com uma perspectiva extraterrestre. Todos os preconceitos que temos, nós aprendemos. Nós formamos alguns, mas a idéia de “não gostar de nenhum da sua própria raça” nos foi ensinado por eles há milhões e milhões de anos atrás. O primeiro Éden foi criado há 899.701 anos pelos Ciakars na fronteira do Novo México / Arizona. Os reptilianos ainda preferem o deserto. Esta bio-esfera foi primeiramente habitada pela civilização reptiliana dividida num sistema de classes formidavelmente similar àqueles da Inglaterra onde há realeza: a classe dos oficiais que são os duques e condes e a dos camponeses que fazem o trabalho pesado. Segundo Moraney, esta primeira bio-esfera foi construída pela classe dos oficiais de seres reptilianos e eles foram os primeiros a ficarem aqui. http://anjodeluz.net/ufologia/exopolitica/alex_collier.htm