FAMÍLIA ESTELAR/SOMOS UM

segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

DE VOLTA À NAVE MÃE ESCOLHENDO UM CAMINHO Por Suzanne Lie PhD Em 04 de setembro de 2013

(consciência...luz...frequência...dimensões...pentadimensional......tetradimensional....) MYTRE FALA: Franquoix e Alycia escolheram sim ter uma cerimônia e todo homem, mulher e criança vieram para honrar a união deles. Franquoix, cuja paixão sempre foi espiritual, escolheu viver no Templo com sua noiva para compartilhar sua vasta sabedoria espiritual. Os outros draconianos facilmente se integraram em nossa comunidade, muitos deles escolhendo parceiros pleiadianos. A guerra terminou em nossa vida e em nossos corações. Mytria e eu termináramos nossa missão e retornaríamos à Nave Mãe para um pouco de R&R antes de começarmos nossa missão na Terra de uma linha temporal vastamente diferente. Mas nós escolhemos ficar em nosso assentamento pleiadiano mais um pouco para que Mytria pudesse assistir Alycia em ser a Guardiã da Chama Violeta, e eu poderia dar alguma orientação que Almon necessitava. Almon nem mais se parecia comigo, pois ele realmente tornara-se sua própria versão de EU. Na verdade, nenhum de nós parecia igual, pois todos nós brilhávamos com os corpos de luz emanando de nossa forma. Desde que estávamos livres do tempo, agora estava confuso sobre a próxima missão de Mytria e minha no que já fora considerado como uma linha temporal futura. Além disso, Shinarius, os complementos divinos do que nós pensávamos ser um futuro pleiadiano, decidiram ficar conosco porque eles gostaram muito de nossa aventura. E também, a vasta sabedoria deles seria um grande bem para a nossa comunidade recém-transmutada. Os que eram da vila retornaram à vila para restabelecer suas vidas e o grupo original que primeiro veio para a área do Templo Violeta permaneceram nas terras do Templo. Todos agora podiam facilmente se projetar de uma área para outra, então a distância não era um problema. As crianças se desabrocharam em enormes corpos de luz e se tornaram os líderes tanto na vila como no Templo. Os pequenos fizeram que seus pais soubessem que seus filhos tinham escolhido nascer de propósito em uma era de transmutação de toda forma. Como um presente especial para nós, a Nave Mãe Arcturiana visitava nosso céu. Muitos de nosso assentamento visitavam a Nave Mãe e muitos da tripulação se projetavam para nos visitar. Era uma linda troca de energia e informação. Alguns poucos do Templo decidiram, como eu uma vez o fizera, permanecer na Nave Mãe e estudar com os Arcturianos. Entretanto, a maioria de nossa comunidade estava feliz em assistir no estabelecimento de nossa nova vida em nosso mundo lar dimensionalmente superior. Aqueles que escolheram ir para a Nave Mãe provavelmente retornariam para fornecer mais sabedoria e assistência para nossa comunidade recém-ascendida. Por fim, era o AGORA para Mytria e eu partirmos com a Nave Mãe e nos prepararmos para a nossa próxima missão na Terra em ascensão. Houve uma comemoração em nossa honra, à qual estiveram presentes muitos membros da tripulação da Nave Mãe. Evidentemente, o Arcturiano e os Elohim Alycone também estavam nela. Foram ótimos momentos para todos, pois compartilhamos nossas muitas lembranças e conversamos sobre como havíamos mudado. Quando a comemoração terminou, Mytria e eu nos despedimos. Com um misto de tristeza e alegria, nós nos projetamos para a Nave Mãe com os últimos membros da tripulação. Nós queríamos visitar o lago, a rocha sagrada, nossa casa na caverna, mas ao invés disso, nós escolhemos levar para sempre essas lembranças em nossos corações. Assim que nos projetamos para a Nave Mãe, nós sentimos falta de nossos amigos e familiares, mas nós sabíamos que os levaríamos em nossos corações também. Seria maravilhoso estar de volta à Nave Mãe, e esperávamos por qualquer instrução que pudéssemos ter para nos prepararmos para a Terra em ascensão. De fato, Alycia e Franquoix se juntaram a nós por um tempo para que pudessem experienciar a Nave Mãe e receber algumas lições de nosso amado mentor arcturiano. Eles retornariam ao Templo Violeta no não tempo da quinta dimensão, pois suas contribuições eram importantes para a sua comunidade recém-ascendida. Quando Alycia e Franquoix finalmente se projetaram de volta ao Templo, um importante ciclo de nossa vida terminou. Felizmente, um novo ciclo começou imediatamente. Foi maravilhoso para nós partilhar nossa vida na Nave Mãe com Alycia e Franquoix, mas no final eles escolheram partir. Assim que Mytria e eu nos despedimos de nossa filha e seu Complemento Divino, fomos chamados para a nossa holoescola. Com sorrisos enormes e corações iluminados, nós decidimos caminhar a distância até a holoescola para absorvermos toda lembrança maravilhosa. Quando nós chegamos, descobrimos que estávamos sozinhos, mas, como sempre, o holograma da natureza da Terra estava operando. Fomos para as nossas cadeiras de madeira ao lado da cascata e observamos o vale muito abaixo de onde estávamos sentados. Com cada respiração, outra lembrança de nossos muitas lições entrava na superfície de nossa consciência. Entretanto, desta vez alguma coisa estava diferente. Ou será que éramos nós que estávamos diferentes? Como uma mente, nós sabíamos nos entregar a essa diferença, que parecia muito com mergulhar num lago profundo. Nós descobrimos que na verdade estávamos em nossas próprias mentes multidimensionais viajando para a estrutura molecular do que nós conhecêramos como nosso cérebro físico. Ficamos confusos com esta experiência, pois pensávamos que nossos corpos de luz haviam nos liberado das limitações de nosso cérebro. Foi então que o Arcturiano se reuniu a nós dentro de nossa mente e disse: Vocês estarão interfaceando com os cérebros de muitos terráqueos, então vocês devem se lembrar de como interfacear o seu EU Corpo de Luz com os vasos físicos terrenos que vocês criarão para esta missão. Sim, nós entendemos essa resposta, pois ambos tínhamos trabalhado com humanos. Os humanos que vocês estavam orientando, continuou o Arcturiano, progrediram para estados mais altos de consciência enquanto vocês estavam ausentes, tal como o corpo planetário Terra de Gaia. Entretanto, muitos humanos estão inconscientes desse progresso porque suas percepções ainda estão calibradas ao plano físico. Esta calibração provoca neles muita confusão e agitação emocional, pois a frequência tri/tetradimensional de realidade da Terra está se dissolvendo para a pura ilusão que ela sempre foi. Muitos humanos não percebem que eles ascenderam. E também, até os humanos totalmente despertos estão com dificuldade para liberar sua ligação aos estímulos físicos para principalmente se sintonizarem às suas percepções dimensionalmente superiores. Além disso, humanos de uma densidade e estado de consciência inferior ainda mantêm posições de poder e controlam a maioria da mídia. Assim, algumas pessoas observam o antigo e moribundo em busca de conselho ao invés de observar o novo e o que está se tornando. Um dos seus maiores desafios será redirecionar a atenção dos humanos, tirando-a dos velhos medos e colocando-a no amor incondicional que somente é percebido pelos estados mais altos de consciência. Mytria e eu entendemos essa situação, pois era semelhante à nossa experiência em nosso mundo lar. Nós quisemos saber como os reinos vegetal e animal estavam em seu processo de ascensão. O ARCTURIANO FALA: Temos o prazer de responder que muitos animais e até vegetais facilmente passaram para a ressonância da quinta dimensão, enquanto que somente uma pequena população de humanos conseguiu fazer totalmente a alteração necessária em sua consciência. Porque vocês assistiram os membros de sua comunidade pleiadiana na alteração de sua consciência para a frequência superior de percepção e forma, vocês favorecerão muito os humanos da Terra. Primeiro vocês continuarão a procurar aqueles que são Galácticos disfarçados de humanos e os assistirão na recordação de seu verdadeiro EU. Desta maneira, vocês não precisarão treinar, mas somente lembrá-los de se conectarem com sua essência dimensionalmente superior. É o AGORA para todos os membros da missão galáctica à distância abrirem os muitos portais pessoais, terrenos, galácticos e dimensionais que fluem para a Terra provindos da quinta dimensão. Esses portais são muito parecidos com correntes num oceano ou num rio. Assim que esses portais são identificados, eles podem ser abertos com os códigos de luz que cada membro da missão à distância possui em sua consciência galáctica pentadimensional. Primeiro, eles devem se lembrar de que eles são seu EU galáctico para que possam se lembrar de sua missão. Então eles devem reconhecer como seu Eu galáctico dimensionalmente superior interfaceia com seu vaso terreno. A razão por termos escolhido o quadro de ter nossa equipe galáctica à distância operando por vasos terrenos humanos é porque nós estamos assistindo o planeta e não apenas os humanos. É o vaso terreno humano que conecta à matriz 3D/4D da Terra, enquanto que é a consciência galáctica deles que os conecta à matriz 5D da Terra. Portanto, os membros de nossa equipe à distância são portais vivos pelos quais as frequências superiores podem: - Entrar em suas consciências dimensionalmente superiores, - Viajar para dentro da forma física deles, - Aprofundar-se nas moléculas e no DNA de suas formas, - E entrar no mundo quântico de toda forma terrena na Matriz 3D. Desta maneira, inúmeros portais serão abertos entre a matriz 3D/4D da Terra e a matriz 5D para facilitar uma transição pacífica e estável da matriz tri/tetradimensional para a matriz pentadimensional. Assim que esta transição for concluída, a matriz 3D se dissolverá. Entretanto, inúmeras realidades paralelas e alternativas da Terra em ascensão existirão simultaneamente. É através da consciência de unidade de todos os habitantes da Terra que certas realidades ganharão força, enquanto que outras realidades começarão a se combinar com outras para terem uma força maior de consciência de unidade. O problema com a Terra é que houve muito medo durante os dois mil anos do último Kali Yuga em que a força maior da consciência de unidade esteve baseada no medo e vitimização. Este modelo permitiu que poucos liderassem muitos porque os muitos acreditavam ser vítimas. Assim que os membros da equipe galáctica à distância se lembrarem de suas raízes galácticas, eles se combinarão com a consciência de unidade de seu Eu galáctico dimensionalmente superior. Além disso, eles ficarão alinhados com a imensa consciência de unidade da Federação Galáctica, que representa as muitas nações galácticas que estão ajudando nossa irmã Gaia. Por exemplo, nós Arcturianos estamos trabalhando estreitamente com o Pleiadianos, membros de Sirius A e B, da Galáxia de Andrômeda, Antares e outras. Assim que nossa equipe galáctica à distância, e o máximo possível de outros humanos, despertar para sua verdadeira natureza galáctica, o poder de nossa unidade galáctica será sentido por todos em forma humana. Então esses humanos: - Recuperarão sua capacidade de canalizar a luz da unidade galáctica - Através do portal de sua consciência galáctica, - Para sua consciência humana, - Através de seus portais de Luz do DNA pessoal e - Para o corpo de Gaia. Então, os poucos perpetradores não terão mais o poder acumulado para governar os muitos, pois a humanidade estará conectada com o alinhamento galáctico. Tal como a consciência galáctica pessoal da equipe à distância os conecta com a consciência de unidade maior das alianças galácticas, sua consciência humana os conecta à toda consciência de unidade da Terra. Além disso, seus portais pessoais do DNA também os conectarão ao corpo de Gaia. Todos da humanidade, seja qual for o caminho que eles escolham, têm portais pessoais de mão dupla de luz dentro de 97% de seu DNA. Atualmente este DNA está em ativação pelas frequências superiores de luz que estão entrando na Terra, provindas do Centro Galáctico. Este DNA 97%, que chamaremos de "DNA Multidimensional", contém o segredo para a transmutação para uma frequência superior de forma, pois ele é um receptor e emissor de mão dupla das frequências superiores da luz interdimensional. Sua missão será lembrar a equipe galáctica à distância e toda a humanidade que a luz interdimensional e a consciência interdimensional são idênticas em natureza. Consciência é luz e luz é consciência. Adicionalmente, ambas, luz e consciência, portam, transferem e gerenciam informação. Esta informação está contida nos códigos de luz, que são pequenas matrizes de informação. Esses códigos de luz são parecidos com cadeados que somente podem ser abertos pela frequência correlata de consciência. Então: - Quando cada humano ressoa à um estado superior de consciência, - Ele pode receber e integrar frequências de luz cada vez mais altas, - O que pode abrir códigos de luz de frequência mais alta de informação. Assim que esses códigos estiverem abertos, eles estarão livres para se mesclar com a biosfera e corpo de Gaia. Por outro lado, se um humano ressoar a um estado muito baixo de consciência, ele não poderá abrir os códigos de luz, ele não canalizará luz e verdadeiramente ele poderá canalizar escuridão. A única diferença entre amor/luz e escuridão/medo é a frequência. Estados mais altos de consciência introduzem frequências superiores de luz/informação, pois luz é consciência e consciência é luz. E também, ambas, consciência e luz portam, gerenciam e transferem informação. O amor facilita um estado superior de consciência/luz, com o amor incondicional sendo a mais alta frequência da consciência/luz. Assim, por ter amor incondicional por seu EU, um humano abrirá os portais do DNA 97% de sua forma humana para as frequências mais altas da luz/consciência multidimensional. Então, estados superiores de consciência permitem o acesso às frequências superiores de luz e informação que ressoam às frequências mais altas de luz que é o amor incondicional. Por outro lado, estados mais baixos de consciência se alinham com frequências mais baixas de luz. Então, somente informação baseada no medo, normalmente provinda do Plano Astral Inferior da quarta dimensão, pode ser recebida, entendida e mantida por uma consciência baseada no medo. Felizmente, as frequências superiores de luz que estão entrando na Terra, provindas do Centro Galáctico, estão permitindo que todos os humanos experienciem e aceitem os estados superiores de consciência. Como a humanidade aceita esta luz superior por abrir sua consciência a ela, mais e mais portais interdimensionais de luz estão atravessando o Plano Astral Inferior. Quando o Astral Inferior está desprovido de portais de luz, ele se torna uma parede densa de escuridão entre a humanidade e a luz superior/estados de consciência. Esta parede de escuridão suga o medo dos habitantes de Gaia, então o emana de volta para a Terra. Entretanto, com os inúmeros portais de luz se abrindo através do Plano Astral Inferior, mais e mais habitantes de Gaia estão ganhando acesso à luz superior e informação amorosa reluzindo através desses portais. Além disso, qualquer escuridão/medo que entra nos portais de luz superior é instantaneamente transmutado pelo amor incondicional que preenche esses portais. Em outras palavras: - A consciência responde à luz. - Diferentes estados de consciência respondem a diferentes frequências de luz. - O estado de consciência é determinado pela interação de pensamentos e emoções. - Pensamentos e emoções criam informação que ressoa a diferentes frequências de consciência. - Uma frequência específica de consciência reúne mais luz/informação de frequência semelhante. Portanto, há dois caminhos principais de criação/percepção: o caminho de medo e separação e o caminho de amor e unidade. Nós dizemos "caminho de criação/percepção" porque o caminho que você toma é o caminho que você percebe. Simultaneamente, aquilo que você percebe é o caminho que você toma. Assim como a consciência e luz portam, transferem e gerenciam informação, a percepção é criação e vocês criam suas percepções por seus pensamentos e emoções, o que cria seu estado de consciência. O caminho de medo e separação é um caminho de frequência inferior e o caminho de amor e luz é um caminho de frequência superior. Evidentemente, ambos desses caminhos ressoam em estágios e graus, mas o caminho do medo leva à separação, enquanto que o caminho do amor leva à unidade. O caminho do medo e separação: - Pensamentos negativos criam emoções temerosas, e emoções temerosas criam mentalidade negativa. - Então, pensamentos e emoções negativas criam medo que baixa o estado de consciência. - Um estado de consciência inferior atrai frequências mais baixas de luz\informação, ou até a ausência de luz, o que é escuridão. - Esta escuridão convida ansiedade e depressão. - Ansiedade e depressão continuam o ciclo de mentalidade negativa criando emoções temerosas. - Emoções temerosas os fazem se sentir assustados, não amados, inseguros e fechados para qualquer estímulo novo no caso de ele poder ser até mais escuro. - Isto cria a percepção de ser sozinho, sem instrução, assustado e vitimizado. O caminho do amor e unidade. - Pensamentos positivos criam emoções amorosas e emoções amorosas criam mentalidade positiva. - Pensamentos e emoções positivas criam amor, o que cria estados superiores de consciência. - Estados superiores de consciência atraem frequências mais altas de luz portando informação amorosa e positiva. - O amor incondicional atrai a luz mais alta que expande a consciência para - Receber e entender crescentemente as frequências superiores de luz em que os códigos de luz e informação dimensionalmente superiores estão encaixados. - As frequências superiores de informação ativam pensamentos e sentimentos baseados na ressonância do amor incondicional. - Isto faz vocês se sentirem positivos, amados, seguros e abertos para as frequências superiores de estímulo. - Este caminho cria a percepção de ser unido, informado, amado e empoderado. Um importante componente de sua missão será assistir os em ascensão na criação e acompanhamento do caminho de amor e unidade. Assim que eles estiverem nesse caminho, eles facilmente se entregarão à informação superior que estão recebendo porque eles reconhecerão o sentir da onda de alta frequência portadora do amor incondicional. Nós continuaremos nossa aula quando nos encontrarmos novamente. Nós os aconselhamos a agora procurarem seus amigos, recordarem e se divertirem. Fonte: http://suzanneliephd.blogspot.com Tradução: Blog SINTESE http://blogsintese.blogspot.com http://blogsintese.blogspot.com.br/2014/01/de-volta-nave-mae-escolhendo-um-caminho.html