FAMÍLIA ESTELAR/SOMOS UM

terça-feira, 7 de outubro de 2014

DO PASSADO PARA O AGORA APRESENTANDO ILLIAEM Por Suzanne Lie PhD Em 30 de agosto de 2014

Quando nós mudamos para o AGORA de nosso verdadeiro EU, nós começamos a entender as mensagens que recebemos muito tempo atrás e normalmente esquecemos. Eu sei que eu me esqueci dessa primeira mensagem que recebi de IlliaEm em 1º de julho de 1995. Eu desejo compartilhá-la hoje, pois ela é tão importante agora como era na época. 1º de julho de 1995 Amados, Eu sou Illuminata Emaculatas, a Iluminação Imaculada. Também sou conhecido como IlliaEm, o Elohim de Arcturus. Meu verdadeiro nome não pode ser dito ou escrito em sua linguagem, mas feche seus olhos e ouvidos agora enquanto você sente minha assinatura. Eu sou um Anjo Solar ou Elohim do Sistema Estelar de Arcturo. Você sentiu minha assinatura de puro e divino amor incondicional. A Terra não é o único planeta que experimenta amor. O Amor é a vibração da criação. Entretanto, a Terra é um dos poucos planetas que ousaram estender a vibração do amor na terceira dimensão. Visto que a terceira dimensão é uma dimensão em que a polarização do espírito e da matéria cria uma separação de luz e trevas, o amor pode se tornar polarizado para o extremo do espectro, que representa a luz. O medo, por outro lado, torna-se polarizado para o extremo do espectro, que representa as trevas. Esta polarização de amor/luz e medo/trevas cria a sensação de separação que é a característica da terceira dimensão. Porém, a separação é na verdade uma ilusão, pois essas polaridades estão tão interligadas como o sangue em seus corpos tridimensionais. A escuridão é como o plasma, relativo a ele oferecer um transportador para a luz, e a luz é como as células do sangue, relativo a ser o bloco de construção e a continuação da vida. Então você pode entender que a escuridão é tão necessária quanto a luz para se experimentar a terceira dimensão. Eu, IlliaEm vibro a uma dimensão onde não existe separação. Espírito e matéria, luz e escuridão, unidade e separação, tudo é UM! Nós em Arcturus aguardamos sua total reunião com a nossa presença. Nós estamos orgulhosos porque muitos de vocês têm se lembrado de nós. Agora, permita que tudo que é antigo venha à tona de sua consciência e à tona de sua forma física. Agora, tal como o sangue sai de um ferimento, permita que tudo que é antigo saia das partes mais profundas e mais escuras do seu eu tri/tetradimensional. Quando o sangue chega à superfície, ele forma uma casca. No início essa casca será dura e firme. Você pode parecer prejudicada e sentir as limitações e ressentimentos de muitas, muitas vidas. Essas experiências são partes de suas experiências terrenas e elas precisam ser trazidas da escuridão antes de poderem ser curadas e liberadas – de uma vez por todas. - Sinta dentro do seu corpo como cada lágrima de tristeza, cada grito de lamento e cada estremecimento de solidão é liberado para a luz de sua consciência para ser curado. - Sinta em seu corpo como cada grito de raiva, cada estremecimento de frustração, cada explosão de ira é liberada para a luz de sua consciência para ser curada. - Agora sinta em seu corpo como cada sobressalto de horror, cada recuo de medo e cada nuvem de depressão é liberada para a luz de sua consciência para ser curada. O processo de liberação é semelhante a uma pequena bolha subindo do fundo de uma corrente. Siga essa bolha enquanto ela sobe do núcleo do seu eu. Ame-a e traga para a superfície de sua consciência. Permita que aquilo que você liberou se liberte das sombras de sua memória. Não só as lembranças desta vida, mas as lembranças de todas as vidas que você levou em mundos tri e tetradimensionais. Essas lembranças agora são o seu passado. Elas estão no ontem. Hoje você é livre. Hoje você é vitoriosa. Hoje você é a soma total do que você tem sido desde que você saiu da Divindade. Sinta a casca de ontem sendo liberada de sua forma. Logo o “corpo” de barro que era sentido como uma prisão irá rachar e abrir para revelar o seu verdadeiro corpo de LUZ. Aguardem pacientemente agora, meus queridos. Imagine seu eu como uma semente sob a terra aguardando o momento em que sairá para a superfície para sentir o Sol. Experimente-se como o Sol encoberto pelas nuvens aguardando o momento em que sua Luz é revelada para todos que a verão. Agora sinta sua unidade com TUDO QUE EXISTE. Sinta suas asas, minha querida. Você é como uma borboleta lutando para se libertar de seu casulo. Sinta-me, eu sou IlliaEm. Eu sou o Anjo que irradia para a essência do seu coração. É tempo de estar no Lar agora! É tempo de lembrar e liberar. Sejam corajosos. Tudo está como deve estar. E agora, meus amados, vocês precisam esperar. O processo de cura é um processo de paciência e fé. Digam comigo agora: EU SOU completo. EU SOU a irradiação de tudo que eu já experimentei. EU AGORA recebo todas as lembranças na superfície de minha consciência. EU ESTOU preparado para retornar para o meu verdadeiro EU Multidimensional. Minhas perguntas começaram dois meses depois: 30 de agosto de 1995 (exatamente 19 anos atrás) Querido IlliaEm. Por favor, ajude-me a entender o que está acontecendo dentro de mim nestes últimos dias. Eu sei que o medo da sobrevivência está surgindo do animal dentro de mim. Também há outro sentimento que é tão primordial que eu não consigo dar um nome a ele. Parece como se uma parte da minha Alma perdida há muito tempo, esquecida desde eu assumi pela primeira vez uma forma física, está começando a despertar após um sono muito, muito longo. Eu sei que as outras dimensões do meu EU sempre estiveram vivas e ativas, mas eu (a parte do “eu” que é conhecida como eu) não estou ciente delas. Talvez minha natureza animal está com medo que eu a abandone se eu ficar ciente dessas partes do meu EU. Talvez eu a abandonarei. Eu não sei o que está reservado para todos nós enquanto nos movemos para as dimensões superiores. Por favor, esclareça-me a respeito dos sentimentos antigos que estou tendo e a respeito de como nossos corpos transmutarão conforme a vibração do planeta se elevar. Amada, EU SOU IlliaEm. A sua parte que está com medo da morte é o seu corpo deva. Ele tem medo que quando não houver mais uma terceira dimensão ele será extinto. O que ele precisa saber é que ele será elevado em vibração tal como o resto de você. Nenhuma parte do seu eu tridimensional será extinta. Não existe morte e não existe extinção. Existe somente transformação e metamorfose. Quando sua forma física começar a elevar em vibração, as partículas lentamente se afastarão mais e mais. Veja-se agora viajando para o núcleo de um átomo. Veja esse átomo como uma pequena mancha em frente de você e lentamente comece a aproximá-la com sua tela mental. Veja como esse átomo está ficando maior e maior. Veja esse átomo como uma pequena galáxia com o núcleo sendo o Sol Central e os prótons e elétrons sendo os Sistemas Solares que estão orbitando ao redor dele. Aproxime-se de um lugar em seu corpo que é um correlato a este átomo. AGORA, encontre o pequeno espaço em seu coração que está abrindo conforme você aprende sobre amor incondicional. Sim, há o ponto certo no exato centro de seu coração. Se você não pode entrar nessa pequena abertura em seu coração, como você pode permitir outros entrarem também? Primeiro você precisa abrir seu coração para amar incondicionalmente o seu eu antes de poder aprender a amar os outros do mesmo modo. Sim, IlliaEm, - eu respondo. Estou abrindo o portal do meu coração. Eu vejo a pequena Galáxia que é um átomo no centro do meu coração. Eu vejo o núcleo como um Sol Central brilhante. Ele está me convidando para entrar. Serei extinta por sua Luz se eu entrar? Minha querida, você será extinta se não entrar. Veja o núcleo ficar cada vez maior até ele estar expandido além dos contornos de sua tela de visão interna. Não se esqueça de que é o núcleo do átomo no centro do seu coração. Este é o centro do seu Amor Incondicional. Lá no fundo do núcleo ardente, você verá uma pequena passagem. Ela é inteiramente cercada por luz clara. Você terá que senti-la mais do que vê-la. Sim, eu vejo/sinto agora. – eu digo. A passagem está abrindo. É a escuridão mais escura que poderia imaginar. Mas espere: bem no centro do vácuo de escuridão eu vejo uma pequena luz. Eu cruzei a passagem para a escuridão completa. A escuridão é como um buraco negro. Ela parece absorver toda a minha essência e toda a minha luz. Eu suponho que deveria estar com medo, mas não estou. Sinto-me contente, como se eu finalmente estivesse realizando a missão pela qual eu assumi incorporação. Estou também ciente da parte do meu eu tridimensional que está sentada no computador. Como irei voltar para essa realidade? Além disso, como posso acreditar que esta realidade é tão real quanto àquela quando retornar a ela? Eu preciso acreditar que esta realidade não é uma ilusão. Ela é o centro do meu EU, o centro do meu amor incondicional. Sim, estou começando a entender o sentimento que andei tendo, a tristeza e o medo primordial de extinção. Agora eu sei que ele é o medo de que fui errada. Medo de que aquilo que eu sempre procurei, significando esta passagem para o desconhecido, não é real. Medo de que o mundo exterior da terceira dimensão é a única realidade. Sim, o sentimento que tem me atormentado é a dúvida, autodúvida, dúvida de minha própria sanidade. Eu até duvidei sobre se poderia ou não me dedicar às minhas próprias convicções de que eu realmente poderia liberar minha realidade tridimensional. Minha Amada, você não precisa liberar o mundo físico. Ele é uma parte do seu EU total. Ele não será liberado, mas sim, será integrado a outras partes de você. Nenhuma parte de você será extinta. Tal como você é uma pequena parte de mim, seu eu físico é uma pequena parte de você. Não o abandone ou o julgue. Ele está servindo à função para a qual foi criado. Você tem se entregado a ser um dos protótipos para a transformação do corpo físico. Você têm tido sensações de solidão da terceira dimensão porque você não tem sido capaz de compartilhar sua experiência com muitos desse plano. Portanto, é vital que você crie relacionamentos profundos e duradouros com as outras partes de você e também com o mundo que somente pode ser penetrado através da passagem para o seu EU. A dúvida, minha querida, é a sua única inimiga. Sinto-me muito diferente enquanto fala comigo, ElliaEm. Meu corpo está ficando cada vez menos denso. Parece como se ele está expandindo para preencher a sala inteira. Eu sinto como ele está tocando as paredes ao meu redor e como ele é uma parte do computador à minha frente. Sinto minha mente como o computador e tenho cada vez menos ciência de como meus dedos estão digitando no teclado ou como as palavras podem ser vistas no monitor. Estou me tornando a experiência de expansão. Enquanto viajo mais e mais profundamente no nada desta escuridão, eu vejo uma nebulosa na minha frente que é de glorioso vermelho, violeta e rosa. Agora viajo no núcleo dela e tenho relances de azul e um tom incomum de verde que não é possível na Terra. Ao atravessar a nebulosa vejo novamente a estrela distante. A estrela está vindo em minha direção muito rapidamente, e ela explode em mim como eu explodo nela. Suas asas gigantes preenchem minha visão e seu coração está totalmente aberto. O sol dentro de seu coração está surgindo sobre as montanhas e a corrente de vida está fluindo em mim. Sinto um formigamento por meu corpo inteiro enquanto o “fluxo” de sua essência entra em mim. O eu sentado no computador é UM com o eu que aceita você. Eu entro no seu coração. Eu sigo a corrente da vida como um salmão descobrindo sua origem. Eu subo a corrente da vida no alto das montanhas e no sol poente. Com o sol poente, eu viajo para além do que é conhecido, para além do que é percebível. De repente, estou em Arcturus muito tempo antes de eu assumir um corpo humano. Eu vejo meu Complemento Divino preparando sua nave para sua jornada à Terra. Ele se vira, me vê e corre para me receber. Ao nos abraçarmos, instantaneamente somos UM. É maravilhoso estar completa outra vez. Posso levar este sentimento comigo para o meu eu tridimensional? Quanto tempo eu terei que retornar para essa terra de limitação? Mas enquanto tenho este pensamento, eu me lembro de meus entes queridos e da Natureza de lá. Eu me lembro das palavras de IlliaEm: *”Você não tem que perder nada de você. Tudo se tornará uma parte de seu eu, tal como você é uma parte de mim.”* Meu Complemento Divino está sorrindo. Eu o vejo na minha frente e dentro de mim. Esta minha parte tridimensional está batalhando dentro de si, tentando aceitar o conceito estranho de multidimensionalidade. Eu me volto para ela e ela me vê. Eu sou o olho olhando no coração. Nós somos UM e UM e UM. Estou vendo os muitos aspectos de mim como se eu estivesse olhando numa casa de espelhos. NÃO há limitação para os ecos de mim. NÃO há limites para experimentar. Kepier, minha realidade alternativa é um Arcturiano no calendário correlato ao Século XXI na Terra, vem me receber. Kepier é um andrógino. Nós nos fundimos em UM nessa recepção e eu sinto IlliaEm se unir a esta fusão. Eu ouço Kepier dizer: Minha querida, estou contente por você ter conseguido expandir seu sentido de eu para abranger esta realidade. Você se lembra de quando deixou Arcturus para ir para Vênus em preparação para sua jornada à Terra? Sim, querida, posso ver que não se lembra. Vou lhe contar essa história agora. Era madrugada no planeta de Zantrill e o sol estava começando a surgir no horizonte. No pôr do sol, você teve de dizer até logo aos seus companheiros que ficariam em Arcturus e depois passou as horas de escuridão em profunda meditação. Claro, o período de luz e escuridão estava sob sua escolha porque sua vibração ressonante era de sétima densidade. Entretanto, o ritmo do fluxo de entrada e de saída era uma rotina estabelecida em seu grupo. Todos vocês decidiram coletivamente criar um alvorecer e um anoitecer para ter uma experiência de fluxo de entrada-escuridão e fluxo de saída-luz. IlliaEm supervisionava seu grupo de dimensões imediatamente acima de sua própria dimensão. Todos os membros de seu grupo se voluntariaram para fazer uma jornada a Vênus. Alguns então mudariam para a Terra assim que aprendessem a sobreviver numa densidade mais baixa. Alguns ficariam em Vênus para atuar como guias para aqueles que foram para a Terra. Eram quarenta em seu grupo e todos vocês eram como os dedos de uma mão. Vocês eram individuais em sua consciência, mas unificados em seu conhecimento e propósito. Todos vocês eram andróginos. Seu grupo escolheu responder ao chamado de Gaia para entrar num grandeexperimento de separação tridimensional. Porque todos em seu grupo eram UM, todos vocês teriam a sensação de tridimensionalidade, mesmo permanecendo em Vênus. A aventura estava começando. Não havia medo ou tristeza, pois vocês nunca tinham experimentado essas emoções. Essas emoções não fariam parte de seu conhecimento até se unirem à evolução da Terra. Nota de Sue: Não creio que já tenha compartilhado isto com alguém. É bom ter a confiança e coragem de finalmente acreditar o suficiente em minhas experiências multidimensionais para compartilhá-las com outros. Abençoados SEJAM todos vocês que encontram a confiança e coragem de compartilhar suas experiências multidimensionais incríveis. Como mais de nós compartilhamos essas experiências, nós servimos como UM para: TORNAR A ASCENSÃO NORMAL Fonte: http://suzanneliephd.blogspot.com Tradução: Blog SINTESE http://blogsintese.blogspot.com http://blogsintese.blogspot.com.br/2014/10/do-passado-para-o-agora-apresentando.html